terça-feira, 21 de agosto de 2012

Parabéns a um amigo

114 anos.

Um século e uma adolescência,uma vida.A minha pegou carona nos ombros do Gigante e você que é vascaíno sabe a sensação.

A história do Brasil se confunde com a sua,Vasco da Gama.Todos nós que torcemos e vivemos você a conhecemos.Desde o primeiro time de negros,aqueles que foram por serem pobres e negros,de "origem duvidosa",e mesmo assim não se negaram,numa das maiores respostas da história.Que depois foram rebaixados para se erguerem como campeões.Então,foram ameaçados por não terem estádio e com as próprias mãos o construírem para chamar de casa.A nossa casa.



O 1° campeão sul-americano,campeão internacional antes da seleção.O primeiro carioca campeão brasileiro,campeão da Libertadores no ano do Centenário,primeiro campeão do Maracanã,entre outras conquistas que vão além das taças.O time que assombrou o Real Madrid de Di Stéfano,o Arsenal em São Janu,o Barcelona no Camp Nou com o Expresso da Vitória.Que lutou bravamente contra o Real Madrid galáctico,mas com final trágico;que humilhou o Manchester United no Maracanã.Que reergueu o Gigante com o Trem Bala da Colina de Dedé,Éder Luis e Diego Souza.E as viradas...

As viradas.Símbolo maior do clube que se orgulha de ter saído sempre de baixo para aparecer como um Gigante.Copa Mercosul,final em 2000,um 3x0 com um a menos se transforma em 4x3 em 45 minutos;Universitário do Peru saindo de um resultado péssimo e vencer por 5x2,humilhando o Aurora por 8 a 3,entre várias outras que iam escrevendo a história desse clube,marcado pelas estrelas maiores do futebol brasileiro.


Uma das maiores escolas de futebol do mundo.O Vasco de Lelé,Barbosa,Ademir Menezes,Ipojucã,Vavá,Bellini capitão do bimundial de 58-62,Tostão,Bebeto,Bismarck,Luis Carlos Winck,Carlos Germano,Donizete,Juninho Paulista,o Mito Dedé,Diego Souza.Todos eternos,como o inesquecível Denner.E entre eles os monstros que o Vasco trouxe do berço:Romário,Edmundo,Felipe,Juninho,Pedrinho,Roberto Dinamite,os maiores de suas gerações e que para sempre vão ficar na história.

Falar da história do Vasco é contar uma história de muitos,mas que não foi abraçada por todos.Não queremos,não precisamos ser a maior torcida porque já a somos desde sempre.A contagem dos números não leva em consideração o que cada um de nós passou por você,Vasco.


A minha história ao seu lado começou no seu ápice.O auge para alguns,mas para nós mais alguns capítulos brilhantes de sua história.A minha não viveu seus melhores momentos,mas assim como você,foi na dificuldade que eu superei.

Era uma final pro rival,a mais importante até aquele momento pra mim como torcedor.Eu queria ser campeão,viver sua rotina,mas aquela derrota me fez fraquejar,por um momento te abandonei.Mas você não a mim.Era ouvir seu nome,seu jogo em algum lugar pro coração bater mais forte.Então tive certeza de que aquilo era pra sempre.

Recentemente visitei sua casa,a nossa casa,nossa fortaleza,e senti o peso de tudo que você viveu da forma mais intensa.A vitória no Caldeirão,o pulo da torcida,as marcas históricas.

Obrigado por tudo,Vasco.E se a sua vida se confunde com a do país,todos nós vascaínos somos orgulhosos   em fazer parte da sua.

Mais uma vez,obrigado.E feliz aniversário,amigo.